As Meninas,
Lygia Fagundes Telles                         

Ambientado na grande São Paulo durante a ditadura militar, o romance As Meninas, escrito por Lygia Fagundes Telles, narra a história de três amigas, Lorena Vaz Leme, Ana Clara Conceição e Lia de Melo Schultz, que possuem personalidades e histórias muito distintas que se entrecruzam no cotidiano do pensionato Nossa Senhora de Fátima, na região central de São Paulo.

A primeira delas, Lorena, é uma jovem de família rica que possui em seu passado a trágica morte de seu irmão que levou seu pai ao sanatório e sua mãe à futilidade. Passa o tempo à espera da ligação de M.N., médico casado por quem se apaixona, mas que não deseja assumir a relação.

Diferentemente de Lorena, Ana “Turva” vive seus dias entre relacionamentos amorosos e sexuais intensos. Modelo de beleza exuberante e viciada em drogas, a personagem divide-se entre dois relacionamentos: com um traficante, por quem é apaixonada, e por um homem de família rica que, apesar de detestá-lo, encontra nele sua chance de alcançar a fortuna. Sua história revela-se bastante trágica, filha de prostituta, foi abusada sexualmente quando criança e, adulta, é incapaz de sentir qualquer prazer sexual.

Finalmente, Lia, filha de baiana e alemão, vai para São Paulo estudar Ciências Sociais fugindo da superproteção da mãe e do passado sombrio do pai, um ex-militar nazista. Durante seu curso, envolve-se na militância política contra a ditadura, onde presencia a prisão de seu namorado.

Longe de narrar uma história com muitos episódios, a autora dedica sua obra a desvelar os sentimentos e pensamentos das personagens, misturando as falas entre as amigas, aos pensamentos que lhes ocorrem, levando-as a rememorar as situações vividas e os sentimentos, odores e sensações que suas memórias lhes despertam. A maior parte do enredo se passa no quarto de Lorena que, por ser o mais acolhedor e com maiores recursos disponíveis, é o ponto de encontro das amigas.

Assim sendo, para aqueles que apreciam os romances psicológicos, As Meninas é uma escolha segura, a leitura do livro leva o leitor a alegrar-se e angustiar-se juntamente com seus personagens. As reflexões e questionamentos trazidos em relação à vida, à morte, ao dinheiro e ao amor são inquietantes e apresentados de forma nua, gerando muito inquietação ao leitor. Além disso, o retrato da ditadura militar brasileira, passando pelas emoções “das meninas” daquele período nos levam à uma compreensão da história um pouco mais humana.

TELLES, Lygia Fagundes. As Meninas. Rio de Janeiro: Rocco, 1998. 286 p.